terça-feira, agosto 21, 2007

Ventania



E há quem diga (do vento leste):
Que de Espanha não vem nem bom vento nem bom casamento!

Mas também há ventos de bonança e ainda, ventos de mudança:

E o vento mudou
Ela não voltou
As aves partiram
As folhas caíram

Ela quis viver
E o mundo correr
Prometeu voltar
Se o vento mudar

E o vento mudou
E ela não voltou
Sei que ela mentiu
P'ra sempre fugiu
Vento por favor
Traz-me o seu amor

(Festival da Canção, 1967)

Sem comentários:

Despertar DCCII

Praia das Maçãs, Sintra Acontece por vezes, após uma noite de mar agitado, com ondas alterosas fustigadas por ventos fortes e sabe-se lá qu...