domingo, março 19, 2006

amanhecer IX


Sábado de manhã - no Vale de Colares,
chega finalmente o Sol que vem transformar as gotas de chuva em efémeros cristais cintilantes.

1 comentário:

Anónimo disse...

Eu gostava de ser como a gota de agua que rebola sobre aquilo que gosta, que se esfrega sem medo de parecer ou ser extrovertida, ela deve de ser feliz,faz aquilo que lhe vem á cabeça,é natural por isso é da natureza,e aí tudo é tão belo sem mentiras sem pareer aquilo que não é.

Amanhecer DLVIII

COVILHÃ Correndo pelo vale do alto Zêzere Já chegámos? O quê! Ainda não? Então vou dormir mais um bocadinho...