segunda-feira, julho 17, 2017

A Fonte 672

Figueira de Castelo Rodrigo

Na beira do caminho, junto ao Convento de Aguiar, base da encosta onde se encontra o que resta das muralhas do Castelo Rodrigo, aqui bem visível lá no cimo.

domingo, julho 16, 2017

Domingo sem Missa

Convento de Santa Maria de Aguiar
(Figueira de Castelo Rodrigo)

Foi Mosteiro e não Convento, pois abrigava monges Beneditinos, que o construíram no Século XII. Depois passou para os domínios da ordem de Cister.
A Igreja ainda é um bom exemplo da arquitectura monástica primitiva: austeridade, robustez e poucos elementos ornamentais.

sábado, julho 15, 2017

Amanhecer DLVI

UNHAIS DA SERRA
(Covilhã)

Coexistindo no tempo e no espaço, diferentes materiais de construção, diferentes projectos e conceitos de arquitectura, a mesma finalidade primária: abrigo e protecção dos humanos.

quinta-feira, julho 13, 2017

A Fonte 671


Chafariz d'El Rei
(Castelo Mendo)

Pois é, chafarizes há muitos, e com esta denominação há certamente algumas dúzias, em Portugal.
No caso desta real fonte (provavelmente do séc. XIII), a coroa encimando o escudo esculpidos no frontão, indicam que o soberano em questão seria D. Diniz.
Encontra-se num pequeno declive do terreiro da feira e romarias fronteiro à porta principal do castelo, conhecida pela Porta dos Berrões.

quarta-feira, julho 12, 2017

A Homilia

Igreja de Santa Maria do Castelo
(Castelo Mendo)

Quando fotografei este púlpito, no que sobra das ruínas do velho templo, fiquei por alguns momentos a pensar como seria um pregador, qual a sua atitude, o estilo e o tema do sermão que aqui teve lugar, logo após a construção (séc. XIII) já no declinar da Idade Média.
Terá sido, por certo, bem diferente o estilo das homilias durante o tempo de segurança máxima do reinado de D. Afonso III em comparação com os tempos do seu sucessor, D. Diniz, que se dedicou à consolidação, pacificação e desenvolvimento económico do território do reino.
E... etc., etc., por aí fora, vagueei no tempo e na história imaginando as ligações, as relações e as dificuldades entre, e dentro, das três classes em que se dividia a sociedade daquela época.

segunda-feira, julho 10, 2017

sábado, julho 08, 2017

Amanhecer DLV

Altitude, 10.000 metros
(Algures sobre o Atlântico)

Estremunhado, mal dormido, mal disposto, olho pela janela e a realidade lá fora, não me dá que pensar - desvio o olhar e fico-me pela virtualidade...

segunda-feira, julho 03, 2017

Amarras do tempo


PRAIA DO DAFUNDO
(Lisboa)

Com o passar do dos anos, o tempo foi compactando nas camadas da minha memória, muitos conceitos, expressões, palavras em português, francês, castelhano, inglês e até em italiano;
essa arrumação foi de tal modo complexa (ou desordenada) que agora, parece haver palavras que estão amarradas bem lá no fundo da memória e teimam em não se soltar para concatenar as frases de lógica encadeada do meu pensamento;
e o pensamento imparável, escorre como areia fina numa ampulheta, de tal forma que eu não consigo fixar na ideia uma mensagem com nexo para deixar aqui exposta;
percebo entretanto uma coisa: quanto menos escrevo, menos leio e mais se avoluma a falta de interesse no exercício mental, mais aumenta a resistência à mudança - é apatia intelectual.

domingo, julho 02, 2017

A Fonte 669


BARCA D'ALVA

Interessante? Nem por isso. É apenas mais um fontanário (com torneira de água corrente) forjado em ferro nos meados do século passado.


sábado, julho 01, 2017

quarta-feira, junho 28, 2017

a Fonte 668


GUIMARÃES

Como estou mais uma vez de visita à "cidade berço", com esta vaga de calor imenso aproveito para deixar aqui uma pequena onda de frescura - que o digam os passarinhos que esvoaçando por esta alameda do centro da cidade, vêm aqui lavar as penas e matar a sede.

Quem é, ou pretende representar, a figura no pedestal? Não sei.
Quando foi feita e quem foi o autor da obra? Também não sei... mas não estou lá muito "ralado" com isso!

A Fonte 672

Figueira de Castelo Rodrigo Na beira do caminho, junto ao Convento de Aguiar, base da encosta onde se encontra o que resta das muralhas ...