segunda-feira, setembro 30, 2013

O Regresso do Tempo



 (CASTELO DE VIDE)

O regresso do tempo em que procuro dentro de mim uma saída,
uma janela para o vida revivida, no outono que me preenche...
na falta de ar que me sufoca; até os pensamentos estrangulados,
já não conseguem fazer sentido para quem quer que os aperceba...

estou a voltar ao tempo em que escrever era preciso, para viver,
fazia-me tanta falta como comer e beber; caminhar era imperioso...
a vida não ficava à minha espera em casa; ela estava em cada esquina,
sem saber porquê, sem me avisar, todo o tempo era suposto gastar.

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...