domingo, fevereiro 19, 2006

Mau tempo


Foi terrível o temporal da noite passada.
Assustadoras rajadas de vento, arrancaram árvores, destruiram construções mais frágeis e fizeram descer o fumo pelas chaminés abaixo, fazendo a noite ainda mais fria, sem o conforto da lareira em casa.
O crepitar das brasas no lume de lenha foi substituido pelo matraquear das gotas de chuva e granizo empurradas contra as vidraças pelos remoinhos de vento. Portas e janelas tremeram toda a noite.
De manhã, junto à Praia, o sol aberto, o dia claro, o mar azul - parece que não aconteceu nada!!!

2 comentários:

cristina disse...

Viu no sapo, o mau tempo em Portugal!

Anónimo disse...

Meu amigo Gi este temporal parece que não,mas, é tal e qual o teu outro eu.Por vezes faz grandes estragos.Podes ver o medo que fazes os outros sentir.Beijinhos da Maria

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...