segunda-feira, junho 26, 2006

Verdes Anos


Eu tinha um poema.

Pois, sim, havia um poema, para por aqui.
Dizia alguma coisa sobre os verdes anos.
Anos de juventude, anos de amadurecimento!
Alguém, pensando nisso, perguntou:
Quanto tempo se leva para passar da adolescência à maturidade?
  • um fim-de-semana
  • alguns anos ou
  • a vida inteira?

Esqueci tudo, não me apetece recordar nada.
Hoje é apenas mais um dia como os outros.
Dias como muitos que já passaram,
ou como mais alguns que hão-de vir.

O mesmo gajo que disse,
"o pensamento ultrapassa o tempo"
pensa que, em dada altura,
"a gente rejeita a memória do futuro."

2 comentários:

Anónimo disse...

Gi estou a fazer a tua foto a carvão, vamos lá ver como é que isto vai ficar ,pois que ainda sou principiante. Beijinhos tenho andado com muita preguiça para escrever,ando na crise,e de lamentações chegam as tuas.Chau da Maria

Anónimo disse...

Quanto ao tema da maturidade, acho que levamos uma vida inteira para a atingir, no nosso interior nunca somos suficiente crescidos para encarar certos problemas e resolver os mesmos,resumindo somos infinitamente crianças,podes acreditar que é verdade, a maturidade só aparece de fugida tal e qual a felicidade.Beijinhos da Maria Aparece para veres as criações, és o meu critico,estou a preparar o stock para venderes na praia`. São desenhos, desenhos fresquinhos e baratinhos.

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...