segunda-feira, junho 19, 2006

Dias piores


(Escultura em areia - Pêra, Algarve)

Há dias em que sinto que não pertenço a esta terra, a este planeta, devia ter sido depositado aqui por engano do entregador de encomendas. Quer dizer, sinto que sou uma encomenda que ninguém mandou vir. Mas que grande encomenda que este gajo me saiu! Dizem agora os leitores.
Eu explico melhor:
- secalhar não sou só eu, quer dizer que há mais, haverá decerto muitos mais, outros de que eu tenho ouvido falar, também inadaptados a este meio onde vieram cair, como Eu, sem pára-quedas.
continua...

2 comentários:

su disse...

Há muitos mais...mais e mais...no combate à inadaptação que se acabam por convencer de que são esses muito mais que não são pertença de lado algum.
Eu penso sentindo isso quase todos os dias!

Beijos da Teia.

sendyourlove disse...

Qualquer pessoa que se pensa e pensa um pouco mais sobre o mundo à sua volta se sente inadaptado, de outro mundo...
Sou mais uma encomenda de lado nenhum, no destino errado, o que me vale é que vivo com outro inadaptado, e assim vamo-nos ententendo.
Olha vão-se aproveitando os dias melhores...que até os há.

Amanhecer DLVIII

COVILHÃ Correndo pelo vale do alto Zêzere Já chegámos? O quê! Ainda não? Então vou dormir mais um bocadinho...