sábado, junho 24, 2006

Amanhecer XXI


Regressamos ao tradicional amanhecer de Sábado em Colares, com a imagem de uma cruz quebrada que não fica na Cruz Quebrada - a estação de comboio, na foz do tejo em Lisboa que não tem nenhuma cruz quebrada, nem sequer tem uma igreja.
Esta pertence à capela que fica logo à entrada de Colares, no lugar que, se não me engano, se chama Vinagre.

Sem comentários:

Amanhecer DLVIII

COVILHÃ Correndo pelo vale do alto Zêzere Já chegámos? O quê! Ainda não? Então vou dormir mais um bocadinho...