quarta-feira, abril 26, 2006

ficar aqui


hoje, não vou a lado nenhum
vou ficar por aqui
entre a terra e o mar
entre o mar e o céu
o profundo interior e o esplendor da luz
entre duas naturezas
a natureza das coisas e a natureza humana

a vista pairando sobre o precipício
depois de pensar, não consigo decidir
para onde ir afinal
está decidido
hoje não vou a lado nenhum
vou ficar por aqui

3 comentários:

cristina disse...

Je reste près de toi pour contempler ce merveilleux océan,et parer de tout et rien!!!

OBicho disse...

Merci, Cristina, pour l'intent de améliorer ma solitude.

Anónimo disse...

Eu também ficava, a admirar essa paisagem,mas, como tenho medo dos abismos não era nada bom para mim esse lugar,em vez de descontraír ainda ficava mais tensa,isto é mesmo engraçado,hà coisas que a uns descontraí e a outros provoca muita tensão,assim é também a presença de certas pessoas,umas adoramos outras fazem de nós uns trapos.Beijinhos Maria

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...