quinta-feira, abril 06, 2006

escrita de sentido

[a imagem deste texto foi "cair" no Blog do Pessoal da Porcalhota]
Bem verdade o que diz a Maria sobre a questão do sentimento da escrita.
Sinto na verdade uma grande emoção quando revejo as fotografias da velha Lisboa.
Quando penso em escrever alguma coisa sobre uma delas, fico perdido no tempo a tentar imaginar coisas:
cenas de vidas passadas, de gente parecida com a que conheci na Porcalhota de antigamente, como a D. Berta "maluca", uma mulheraça que vivia com o Ti Tomé, homem pequenino - velhaco ou dançarino;

quando a provocavam ela apregoava as suas origens em famílias finas da Calçada dos Barbadinhos e a carreira de artista do Teatro de Revista que abandonara por amor;

as alegrias e desgraças, os dramas de "faca e alguidar" do dia-a-dia da vida familiar, que as vizinhas alcoviteiras espreitam por entre os lençois pendurados a secar na corda da roupa frente à janela;

o ambiente sonoro da rua, os pregões, os amoladores, a carroça do azeite, o tlém, tlém, tlém, a avisar que vem lá o carro electrico; e o cobrador puxava o cordão de cabedal preso ao tecto e fazia tlim, tlim - era o sinal de "pode seguir!", para o guarda-freios condutor;
e aquele raspar das rodas dos carros electricos nas curvas mais apertadas da electrico da Graça;

os aromas que circulavam pelos becos e vielas, o vento, o frio, as chuvas;
o respingar das goteiras nas pedrinhas da calçada e as cascatas das águas de Abril pelas escadinhas abaixo;

enfim, tudo me faz recordar a cidade da minha infância, a cidade onde nasci e onde morei apenas 3 ou 4 anos, mas que inexplicavelmente me comove.

3 comentários:

Anónimo disse...

Essa do homem pequenino - velhaco ou dançarino, não me parece lá muito certo...dançar não sei, velhaco...não me parece que seja...talvez eu seja a excepção que confirma a regra...modéstia à parte.

RV

OBicho disse...

Segundo ouvi dizer, de fonte segura:
"O menino RV é um grande dançarino, quando está com os copos, costuma fazer uma espécie de dança do ventre, em cuecas em cima da cama."

Anónimo disse...

lolololololololololololol

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...