domingo, janeiro 15, 2012

A Fonte 602



URRA
Não é somente o tradicional grito de euforia das praxes académicas:
«EFERREÁ ...Fá, ...Fé, ...Fi, ...Fó, ...Fú CHIRIBITATATATA, CHIRIBITATATATA, URRA! URRA! URRA!»

URRA
É também o nome de uma freguesia do Distrito e Concelho de
«Portalegre Cidade do Alto Alentejo, cercada de serras, ventos, penhascos, oliveiras e sobreiros..»
(como escreveu José Régio).

Em Urra,
tropecei nesta fonte, homenagem a um tal Mira Godinho, personalidade cuja importância local, lamento, que me desculpem os vizinhos, mas não tive tempo nem ensejo para investigar.
Por coincidência, esse era também o nome de um Assistente de Realização, com quem trabalhei na "velha" RTP.
Em Urra,
frente a esta fonte, no Restaurante d'O Álvaro, serve-se a boa comida tradicional Alentejana:
Pezinhos de Tomatada, Cabrito ou Borrego ensopado, Lacão ou Bochechas assadas no forno, enfim... é "encher a mula" e regar tudo com o excelente tinto Casa da Urra.

Sem comentários:

A Fonte 672

Figueira de Castelo Rodrigo Na beira do caminho, junto ao Convento de Aguiar, base da encosta onde se encontra o que resta das muralhas ...