quinta-feira, janeiro 12, 2012

Autoretrato 37

 

Velho espelho pendurado 
nessa parede do fundo, 
"Diz-me tu, espelho meu, 
que faço eu neste mundo?" 
O espelho nada respondeu 
mas ficou todo embaciado. 

2 comentários:

Maria disse...

Tu querias era que ele te dissesse que era o mais belo!
Beijinho
Maria

O Bicho disse...

Quando tinha vinte e tal anos ainda pensava que era "jeitosinho".
Agora, Maria, agora olho ao espelho mas para verificar se estou "decente" para sair à rua.

Amanhecer DLVII

ALMEIDA A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza. Daqui nada, reúne a comitiva no &qu...