sábado, janeiro 14, 2012

Amanhecer CCCII



Évora
Palácio de D. Manuel, no jardim da cidade.

Não fora o cheiro intenso da relva acabada de cortar
e a temperatura do ar, fresco nesta manhã de Inverno,
eu diria que ainda estava lá longe, do outro lado do mar,
num qualquer lugar das Antilhas, terra de calor eterno.

2 comentários:

Maria disse...

Bicho
Era bem, o Venturoso, este rei. Tudo lhe veio parar às mãos, sem trabalho.
D. João II trabalhou, ele aproveitou.
Nasceu de rabinho para a Lua, como diz o povo.
A foto está digna do belo palácio.
Beijinho
Maria

O Bicho disse...

Por isso mesmo, Maria, o cognome lhe assenta pefreitamente.
Mas uma coisa boa ele teve, foi deixar obra (que se visse) feita.

A Fonte 672

Figueira de Castelo Rodrigo Na beira do caminho, junto ao Convento de Aguiar, base da encosta onde se encontra o que resta das muralhas ...