quinta-feira, outubro 05, 2006

le Monde



A chaque enfant qui naît, le monde recommence.

Sem comentários:

Amanhecer DLVIII

COVILHÃ Correndo pelo vale do alto Zêzere Já chegámos? O quê! Ainda não? Então vou dormir mais um bocadinho...