terça-feira, maio 09, 2006

virado a sul


Por esses campos fora
vamos lá saindo
que a manhã vem rindo
nos lábios d'aurora.

e lá vou andando, à sorte
para sul vai a vontade virada
pela obrigação contrariada
porque o prometido fica a norte

vou a caminho e mais não digo
sinto um impulso para vadiar
para sair daqui a sós comigo
sem saber quando vou voltar

ora gaita nem peciso pensar
para estar aqui a escrever
aquilo que me apetece fazer
é mesmo andar sem parar.

Esta rima é uma grande foleirice
mas calhou, veio a talhe de foice.
O meu interior de nómada disse:
- está na hora de partir! E foi-se.

7 comentários:

sendyourlove disse...

Vai, a sul ou a norte pouco importa,
Vai e leva-nos no saco.
Vai, mas manda noticias e já agora fotos...

Quim disse...

E se o partir e voltar
Não for só para aprender
Terás muito que andar
Para ganhar ou perder

Vais ficar a saber
Que sentimos a tua falta
Não temos blog para ler
É a tristeza da malta

sendyourlove disse...

Ai que o patrãozinho também rima...
O verdadeiro artista...
Beta

Anónimo disse...

Por favor ganha juízo,isto não está muito bom para andarmos por ai sozinhos,arranja companhia ou desiste,já tens idade para saberes que tens sempre dois seres que estão sempre do teu lado e te adoram tal e qual és (os teus filhos)e também não podes abandonar os blogs ,ficamos desolados sem termos nada para ler.Beijinhos, e se fores fazer essa caminhada maluca, tem cuidado contigo,estamos aqui a esperar o teu regresso,tens que untar bem as patas senão sangram.Chau boa viagem. MARIA

cristina disse...

Bom viagem...beijihnos

Eu mesmo disse...

Realmente, o campo no Alentejo está explêndido!

Anónimo disse...

Os campos no Alentejo são belos o ano inteiro;
em Maio (Maio, maduro Maio, quem te pintou..) é o esplendor máximo!

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...