quarta-feira, maio 31, 2006

Solitude


Solidão.
Há dias assim.
Já tive dias piores.
Haverá dias melhores?
Vou ficar à espera, sem fazer nada, para saber.
Pouco importa, tentar fazer alguma coisa para melhorar.
Por vezes, quanto maior é o esforço, a agitação, o frenesim, a euforia, pior o resultado.
É como desatar a correr sobre um lindo prado forrado de bem cheirosas boninas que encobrem um lodoso pântano com fundo de areias movediças.

Como o meu heterónimo, de que não me lembro o nome, escreveu por volta dos anos 80:

".. percorro fustigado na desesperança do nada, um campo desprovido de sépalas licorosas, onde só resta esperar, não pensar, não saber, não sentir, não.."

.. não, não dizia coisa com este gajo, digo eu, agora!

7 comentários:

cristina disse...

"Il y a des jours où on se promène
dans SA vie comme dans un champs en ruines."
Um pouco dificil para traduzir em Portugues.Desculpe!

O Bicho disse...

É isso mesmo Cristina.
"Há dias em que a gente passeia pela nossa vida como se andasse no meio de um campo em ruínas."

Anónimo disse...

Não queiras arruínar as poucas coisas boas que tens no teu coração, a vida é aquilo que nós fazemos dela,tu és o único culpado dessa solidão,porque tens a mania de nunca deitares para fora aquilo que sentes,só às vezes.e só quando estás a rebentar pelas costuras, a tua vida é boa,tu é que nunca deste conta porque passas o tempo a pensar no passado, quando o teu futuro é algo que tens que conquistar com todas as tuas forças todo esse amor que ainda tens para dar e tudo o que tu quizeres,por favor sê aquilo que o teu subconsciente quer ser e sê feliz. beijinhos da Maria

O Bicho disse...

Bem escrito, Maria.
Mas o passado é uma espécie de rio aprisionado numa barragem cujas comportas abrem de vez em quando para descarregar e sem avisar, lá vai água!

O Bicho disse...

Apesar de tudo, eu disse:
"Já houve dias piores!"
E não só para mim, para muitos outros também.

Anónimo disse...

Super color scheme, I like it! Good job. Go on.
»

Anónimo disse...

Nice colors. Keep up the good work. thnx!
»

Amanhecer DLVIII

COVILHÃ Correndo pelo vale do alto Zêzere Já chegámos? O quê! Ainda não? Então vou dormir mais um bocadinho...