segunda-feira, maio 17, 2010

a ver navios 102



Gosto dos rios, ainda mais que tudo,
gosto de subir às nascentes e partir
percorrendo, na descida até à foz,
aldeias, vilas e cidades ribeirinhas.
Depois, chegar ao mar e esquecer
a terra, a fonte, a serra, o monte
e ficar a olhar o infinito horizonte
onde o magnífico sol vai esmorecer.


(Isto digo Eu, que sou um bocado esquisito, ou como dizem os ingleses "peculiar")

Sem comentários:

Amanhecer DLVII

ALMEIDA A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza. Daqui nada, reúne a comitiva no &qu...