domingo, maio 23, 2010

a ver navios 103



Urgentemente

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.
é urgente destruir certas palavras.
odio, solidão e crueldade,
alguns lamentos
muitas espadas.


É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.

(Eugénio de Andrade)

Sem comentários:

A Fonte 696

"Cascata dos Pisões" (Sintra) O que são, ou eram, "pisões", afinal? O pisão era um engenho mecânico composto por u...