segunda-feira, junho 07, 2010

a Fonte 533



Sempre que passo por esta terra de Vale de Lobos, Sintra, lembro-me de um dos escritores Românticos portugueses, cuja obra eu mais gostei de ler.
O nosso grande historiador e romancista, Alexandre Herculano.
Não sei se alguma vez ele terá passado aqui, enquanto companheiro de "Viagens na Minha Terra" do seu amigo Garrett;
o que sei é que ele nunca conheceu este chafariz, dado que, faleceu muitos anos antes da sua construção;
e também sei que ele passou os últimos anos de vida, na sua quinta, em Vale de Lobos, Santarém - que tambem deve ter uma fonte que eu ainda não tive oportunidade de fotografar.
Quanto ao resto, posso dizer que já lá vão muitas décadas desde que tive como leitura obrigatória no Liceu, as "Lendas e Narrativas".

Ao contrário de outras obras (como o "Frei Luis de Sousa" de Garrett e "Os Lusíadas" de Camões) que nesse tempo fui obrigado a ler, reler e interpretar, esta outra foi, para mim, o despertar do interesse pelo resto dos escritos de Herculano, especialmente os romances históricos - "O Bobo", "Eurico o Presbítero", "O Monge de Cister".

Sem comentários:

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...