terça-feira, junho 01, 2010

Janela da Laurindinha



Óh Laurindinha, vem à janela
Ver o teu amor, ai ai ai que ele vai p'rá guerra.
Se ele vai p'rá guerra, deixái-o ir
Ele é rapaz novo, ai ai ai ele torna a vir.
Ele torna a vir, se Deus quizer
Ainda vem a tempo, ai ai ai de arranjar mulher.


(cantiga popular)

Sem comentários:

A Fonte 672

Figueira de Castelo Rodrigo Na beira do caminho, junto ao Convento de Aguiar, base da encosta onde se encontra o que resta das muralhas ...