quinta-feira, junho 10, 2010

a Fonte 535


Neste tão celebrado "Dia de Portugal",
parece bem mostrar uma fonte (neste caso duas) junto da Bandeira Nacional.

Só é pena (digo eu, que sou chato e tenho a mania de dizer mal) que as ditas, não sirvam, nem uma nem outra, para matar a sede a um vulgar cidadão turista.
Uma que jorra água, só para animar vista e a outra que está mais seca que a minha imaginação.
Já não digo que a coisa fornecesse loira Cerveja fresquinha à pressão,
nem tanto, mas ao menos que escorresse dela um fiozinho de Água da Companhia,
nem que fosse só para molhar a boca a um "esforçado" ciclista.

1 comentário:

Maria disse...

As fontes públicas secaram ou estão enquinadas. Dar de beber a quem tem sede já era. Quem quiser beber, pague.
Beijinho
Maria

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...