domingo, fevereiro 07, 2010

a Fonte 472

Passeio de fim-de-semana por Castelo de Vide,
uma terra rica em história, cheia de tradições e lugar de magníficas paisagens onde abundam as nascentes de água, algumas delas de excelente qualidade.
Despropositadamente, nesta voltinha pela "Sintra do Alentejo",
trouxe comigo na memória da máquina fotográfica, esta imagem da Fonte de Castelo de Vide, uma nascente que foi explorada industrialmente (até aos anos 70 do século passado) sendo distribuida, não em Garrafas, mas em Bilhas de Barro.
Fazia parte do grupo das afamadas fontes da Água de Caneças.

Sem comentários:

Amanhecer DLVII

ALMEIDA A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza. Daqui nada, reúne a comitiva no &qu...