sexta-feira, novembro 09, 2007

a Telha


Parei a olhar para este monte de telha portuguesa, e pensei:
- "Chiça, hoje estou cá com uma telha..!"

Mas, não sei porquê?
Está uma manhã deliciosa.
O Sol aberto.
Não há nem vento.
Um tempo morno.
O ar limpo, leve.
Cheira bem a Outono.
Sabe bem respirar fundo.
Que sossego...
Até apetece andar a pé.
Devagar, sem pressa de chegar a... lado nenhum em especial.
Vou andando, à toa.
Vagueando sozinho.
Subindo e descendo calçadas.
Travessas e escadinhas.
Enchendo a vista e o cartão de memória da máquina fotográfica.
Que maravilha de quintais e jardins.
E que belas casinhas...
E magníficas vistas.
Por aqui acima, por ali abaixo.
Algures, entre S. Pedro e a Vila de Sintra.

Sem comentários:

Amanhecer DLVIII

COVILHÃ Correndo pelo vale do alto Zêzere Já chegámos? O quê! Ainda não? Então vou dormir mais um bocadinho...