sábado, maio 18, 2013

Amanhecer CCCLXVII



Não há mais vinho para esta mesa!
Foi o que ouvi e não me esqueci. Tudo o resto, o que se bebeu, o que se comeu, o que se falou, enfim tudo o que se passou durante a noite depois disso... não faço a mínima ideia - não sei nem quero que me digam nem me contem - não quero mesmo nada, saber.
Acordei, despertei. Isso quer dizer que estou vivo... e então mais nada me importa agora.

Sem saber, ainda, onde estou, estou bem assim.
Porquê? Porque percebi que estou entre amigos e isso é que importa!

Sem comentários:

Amanhecer DCI

Anfiteatro Keil do Amaral (Parque do Monsanto, Lisboa) Tudo a postos, faltam algumas horas para o início das festas ao ar livre, na cid...