quinta-feira, maio 02, 2013

a vida passa


E lá fora a vida passa
no mundo sem graça
eu fico aqui à janela
sem querer pensar nela

enquanto o tempo voa
deixo-me estar, na boa
assim em casa deitado
como que abandonado

e resto, quedo e mudo
porque já tentei de tudo
e não achei o remédio
para me livrar deste tédio...

Sem comentários:

Amanhecer DLVII

ALMEIDA A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza. Daqui nada, reúne a comitiva no &qu...