segunda-feira, maio 30, 2011

Rodas do Tempo (4)



Dos nossos medos
nasce a nossa coragem
e nas nossas dúvidas
vivem as nossas certezas.
Os sonhos anunciam
outra realidade possível
e os delírios outra razão.
Na desorientação
esperam-nos achados
porque é preciso perdermo-nos
para nos voltar a encontrar.

(Eduardo Galeano)

Sem comentários:

Amanhecer DCV

Caminnha (Portugal) Sente-se aqui, na minha janela, o cheiro da maresia que sobe desde a foz do Rio Minho. No fundo da imagem, o incon...