domingo, maio 22, 2011

A Fonte 578


Arouca
Nada sei de especial que possa contar acerca este degradado e seco fontanário colado na parede exterior (poente) do Mosteiro que foi a casa de clausura de D. Mafalda, Santa e Rainha, filha de D. Sancho I de Portugal.
É mais uma lembrança da minha última, mas não derradadeira, espero eu, passagem pelo extraordinário vale de Arouca.

Sem comentários:

Amanhecer DCV

Caminnha (Portugal) Sente-se aqui, na minha janela, o cheiro da maresia que sobe desde a foz do Rio Minho. No fundo da imagem, o incon...