quinta-feira, fevereiro 17, 2011

a ver navios 110

Maré vaza, Rio Sado


"De tudo quanto vejo me acrescento."

(Sophia de Mello Breyner Andresen)

Sem comentários:

Amanhecer DLVII

ALMEIDA A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza. Daqui nada, reúne a comitiva no &qu...