segunda-feira, fevereiro 28, 2011

Rodas do Tempo


(Rodas da engrenagem principal do Moinho de Maré da Mourisca - Rio Sado)

..à medida que o tempo passa,
tenho cada vez mais tempo,
que vou gastando a moer o tempo:
que foi bom e foi mau mas foi pouco;
e a pensar no tempo que já passou,
o tempo passado cresce sem parar;
o tempo que resta é cada vez menor...

1 comentário:

M.Júlia disse...

Pois... é mesmo assim!
Em poucas palavras, está quase
tudo dito, sobre o passar do tempo.

A Fonte 672

Figueira de Castelo Rodrigo Na beira do caminho, junto ao Convento de Aguiar, base da encosta onde se encontra o que resta das muralhas ...