quarta-feira, fevereiro 16, 2011

A Fonte 562


Chafariz D. Maria (Palmela)

Constituído por 2 bicas e 1 pequena bacia receptora da água, no centro do frontão apresenta o brasão de D. Maria.
Nas laterais encontram-se 2 tanques, encimados pelo brasão de armas do concelho, utilizados como reservatórios de água que permitiam dar de beber ao gado. 
Pois, este chafariz setecentista, mandado construir por D. Maria Francisca Isabel Josefa Antónia Gertrudes Rita Joana de Bragança, a simplesmente Maria I de Portugal, foi o ponto de concentração e partida para o Almoço/Encontro Anual  do "Pessoal da Porcalhota" que em 2011, decorreu em Palmela.

Sem comentários:

Amanhecer DCV

Caminnha (Portugal) Sente-se aqui, na minha janela, o cheiro da maresia que sobe desde a foz do Rio Minho. No fundo da imagem, o incon...