sábado, novembro 27, 2010

amanhecer CCXLIII


Ainda não se vendeu quase nada e já vai chegando a hora do farnel.
É preciso comer uma "bucha" para aconchegar o estômago até à hora do almoço.
No mercado de rua de Almoçageme (Sintra), o Ti Manel e outros vizinhos, vendem os produtos da terra, provenientes das suas próprias e hortas e pomares.

Sem comentários:

Amanhecer DLVII

ALMEIDA A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza. Daqui nada, reúne a comitiva no &qu...