terça-feira, julho 25, 2017

Cruzeiro Barroco

Rio Côa
(Almeida)

Simples cruzeiro de granito erguido sobre um barroco*, para lembrar uma grande batalha travada neste local a 25 de Julho de 1810, entre uma divisão de tropas anglo-lusas do general Crawford e a vanguarda francesa, do marechal Ney, comandante da 3ª Invasão Francesa.

(*) Barroco - um enorme bloco (pedregulho) disforme de granito, designação popular nesta região do planalto da beira interior.

2 comentários:

maria franco disse...

Primeiro julguei que barroco era um estilo.
Afinal na gíria popular é um pedregulho.
E a cruz já é bicentenária. Sempre a aprender.

O Bicho disse...

Também eu não sabia. Aprendi isso com as gentes de Almeida, durante as minhas estadias e passeatas pelas agrestes planuras da região.
Entretanto encontrei, na escrita do Pro. Galopim de Carvalho, a seguinte referência:

"Do pré-romano é o termo BARROCO que, entre nós, tanto significa pedra como barranco, o sulco que a água das chuvas escava no terreno, tornando-o irregular e pedregoso. Barroco, o estilo artístico, das artes plásticas, da música e da literatura, que desde os finais do século XVI até meados do século XVIII, se opôs ao classicismo da Renascença, radica na palavra portuguesa BARROCO, então usada no sentido de pedra."

Amanhecer DLVIII

COVILHÃ Correndo pelo vale do alto Zêzere Já chegámos? O quê! Ainda não? Então vou dormir mais um bocadinho...