sábado, julho 22, 2017

Amanhecer DLVII

ALMEIDA

A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza.

Daqui nada, reúne a comitiva no "1810" à volta da mesa, para delinear estratégias e recuperar energias com umas deliciosas postas de vitela jarmelista e um tinto "Beyra" a acompanhar - é preciso preparar a equipa, à maneira, para as celebrações que se aproximam.

Sem comentários:

Amanhecer DLVIII

COVILHÃ Correndo pelo vale do alto Zêzere Já chegámos? O quê! Ainda não? Então vou dormir mais um bocadinho...