quinta-feira, fevereiro 21, 2013

Autoretrato 40



Uma sombra de mim mesmo,
ao entardecer, final de um radioso dia de sol.
Que mais sou eu hoje, no entardecer da vida,
senão uma sombra do que fui..?

1 comentário:

Maria disse...

Que grande sombra, amigo!
Beijinho
Maria

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...