sábado, fevereiro 11, 2012

Amanhecer CCCVI



Disse-me um amigo:
"Outra vez em Marvão?
Mas que raio de mania,
Isso também já enjoa..."

Isto sou eu que digo:
"Ora bem, porque não?
Muito mais vezes viria,
Se mais perto de Lisboa."

A manhã já vai alta;
o sol brilha no céu azul, ali prós lados da fronteira;
mas as muralhas do castelo ainda estão encobertas pela neblina;
é o resto da névoa da madrugada que vem subindo a escarpa, desde lá de baixo da Portagem, à medida que o sol vai aquecendo as terras do vale do Sever.


Há quem chame "Ninho de Águias" a este local onde se ergue o castelo mais elevado do Alentejo - 850 m.
Também chamaram "Ninho da Águia" ao local da residencia de Hitler, numa montanha da Baviera - 1.850 m.
Há uma diferença de 1.000 metros (em altitude) entre Marvão (Portugal) e Berchtesgaden (Alemanha).

2 comentários:

Maria disse...

Bicho amigo:
O meu pai ficava fulo comigo, quando eu dizia que Marvão era mais bonito do que Óbidos. A verdade, é que não há comparação possível. Enquanto Óbidos é um castelo lindo, mimoso, Marvão é o grande castelo roqueiro, forte, defensivo.
Um, Óbidos, foi castelinho mimoso das Rainhas, o outro, Marvão era defesa da fronteira e ninho de contrabandistas.
Temos castelos tão belos, que é difícil, dizer qual é mais belo.
Gosto do da minha terra, agarrado ao Convento, gosto do de São Jorge, donde se vê Lisboa e o Tejo.
A casa do Hitler devia chamar-se: Ninho do Abutre.
Beijinho
Maria

O Bicho disse...

Perfeitamente de acordo.

Amanhecer DLXIII

Praia das Maçãs, Sintra C'est en septembre Quand les voiliers sont dévoilés Et que la plage, tremblent sous l'ombre D'un...