sábado, abril 02, 2011

Amanhecer CCLXI



Não sei se quero acordar..?
Parte de mim, acha que não,
«que já não vale a pena!»
A outra parte não quer dormir,
«pois tem receio de sonhar...»
E assim permaneço deitado,
muitas horas na madrugada,
entre o sono e o sonho,
ou entre a vida e a morte,
sem decidir o que escolher,
até que... o cansaço vence.

2 comentários:

Maria disse...

Bicho

Tenho medo de acordar,
Tenho medo de dormir.
Se dormir, que vou sonhar?
Pesadelos são aos centos
E vou acordar cansada.
Acordada vou sentir
Que já não resta nada.
Os sonhos que tive um dia
Fugiram, foram-se embora.
Só sinto melancolia
E que venha breve a Hora.
Maria

O Bicho disse...

A melancolia, Maria,
avoluma-se à tarde,
e preenche a noite,
até ao romper do dia.

A Fonte 672

Figueira de Castelo Rodrigo Na beira do caminho, junto ao Convento de Aguiar, base da encosta onde se encontra o que resta das muralhas ...