domingo, janeiro 24, 2010

a Fonte 466


Estefânea
um Largo em Lisboa.

2 comentários:

Anónimo disse...

podias ter tocado a campainha
abraço.
fr

O Bicho disse...

Neste dia de passeio a pé entre o Campo Grande e a Baixa, apeteceu-me tocar em muitas campainhas.
Fica prometido, para a próxima caminhada pela nossa Lisboa.

A Fonte 672

Figueira de Castelo Rodrigo Na beira do caminho, junto ao Convento de Aguiar, base da encosta onde se encontra o que resta das muralhas ...