quarta-feira, dezembro 09, 2009

o costume


Hoje, como ontem, não me apetece escrever...
E a coisa, isto é o "post" do dia, devia ficar por aqui. Juntava-lhe a habitual fotografia (como sempre, ou quase sempre, original), publicava a mensagem e... «pimba, está feito por hoje, adeus, amanhã há mais, ou logo se vê...»
Apesar disso, como é costme, aqui estou eu, empenhado em acrescentar mais qualquer coisita.
Tinha que ser, pois é muito difícil passar um dia ou dois sem pensar num texto, um tema, um poema, para acompanhar a imagem de uma Fonte ou de um Navio ou de uma Treta qualquer que eu, nestes momentos, acho que ilustra uma ideia, ou fica bem com alguma frase mais ou menos filosófica, ou poética.
Ah! Palavras... pois, pois, já sabemos, palavras, leva-as o vento, mas como disse outro inspirado, não há machado que corte a raiz ao pensamento.
É por isso que, é raro o dia em que eu consigo pôr de lado este vício da composição e publicação de um "post" no vosso Blog do Fotociclista.

Sem comentários:

Amanhecer DLVII

ALMEIDA A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza. Daqui nada, reúne a comitiva no &qu...