segunda-feira, abril 29, 2013

Autoretrato 41




«Assim como gosto do jovem que tem dentro de si algo do velho,
gosto do velho que guarda dentro de si algo do jovem - este homem, poderá ser velho no corpo, mas na alma não o será jamais.»


Cícero (filósofo da antiga Roma)

Sem comentários:

Amanhecer DLVII

ALMEIDA A luminosidade do sol rasante invadindo o corredor de uma das portas indefesas da Fortaleza. Daqui nada, reúne a comitiva no &qu...