quarta-feira, agosto 11, 2010

a Fonte 543



Fonte na entrada da Quinta de Subserra, em S. João dos Montes (Alhandra).
Esta quinta foi propriedade de Manuel Inácio Martins Pamplona Corte Real,
nomeado por D. João VI, 1º Conde de Subserra, quando era Primeiro Ministro do Reino.



Este mancebo, tal como eu, iniciou a carreira militar como cadete no Regimento de Cavalaria de Santarém, do qual foi oficial.

Depois, como mercenário integrou o exército Russo na campanha da Crimeia e serviu também nos exércitos de Napoleão (que grande cabr..) nas campanhas da Austria e Rússia. Participou na campanha do Rossilhão e foi oficial general da Legião Portuguesa.

Este artista da guerra, teve azar, em Junho de 1828 as coisas mudaram e foi preso por ordem de D. Miguel e guardado incomunicável na Torre de Belém e depois em São Julião da Barra e São Lourenço do Bugio. Foi finalmente transferido e encarcerado no Forte da Graça em Elvas, onde morreu em Outubro de 1832.

Após o termo da Guerra Civil, os seus restos mortais foram trasladados para a Ermida de Santa Catarina, na freguesia dos Biscoitos, na sua terra natal - Angra do Heroísmo.

Sem comentários:

A Fonte 696

"Cascata dos Pisões" (Sintra) O que são, ou eram, "pisões", afinal? O pisão era um engenho mecânico composto por u...